josedasilva @ 00:13

Qua, 09/04/08

Como em qualquer plano de vida, é necessário um plano para atingirmos as metas a que nos propomos, no ciclo de vida de um Projecto é extremamente importante uma definição clara dos objectivos e metas a que uma equipa se propõe a cada espaço temporal, caso contrário reina o caos e a desordem, que levarão muito certamente a falha do projecto.

Falei em Objectivos e Metas, mas afinal o que são objectivos e metas, e qual a diferença entre ambos?

Meta é um conjunto de frases que definem o contexto geral de um projecto, usando uma visão de alto nível sem entrar em pormenores .

Um exemplo de uma Meta poderia ser:
"Aumentar a satisfação do cliente em relação ao nosso produto".

Por outro lado, um Objectivo é algo muito mais detalhado e concreto, Objectivos são expressões concretas que definem o que o Projecto está a tentar atingir. O Objectivo deve ser escrito em linguagem de baixo nível, com um enorme nível de detalhe de modo a ser facilmente mensurável o seu sucesso.

Um Objectivo bem definido deverá ser Específico, Mensurável , Atingível, Realístico e Temporal (SMART - Specific Mesurable Attainable Realistic Time-Bound ).

Uma expressão que compõe um Objectivo deve ser muito mais específica que uma expressão que compõe uma Meta.

Um exemplo para um Objectivo poderia ser:

"Desenvolver a funcionalidade X no nosso produto até ao final do segundo trimestre de 2008"

Específico: Desenvolver a funcionalidade X
Mensur á vel: Estar á concluído quando a funcionalidade X estiver desenvolvida
Atingível : Assumimos neste exemplo que a Funcionalidade X é facilmente desenvolvida pela equipa até ao prazo estipulado.
Realístico : A equipa tem conhecimento para desenvolver a Funcionalidade X no tempo estimado.
Temporal: Até final do segundo trimestre de 2008.

A quebra deste encadear de requisitos que devem seguidos na definição de um objectivo, podem levar á falha do mesmo, que por vezes se revela catastrófico.

Num cen á rio bastante habitual, a empresa não consegue atingir o objectivo, a equipa quando se depara com um objectivo que não é Realístico ou Atingível desmotiva, e se não for Mesur á vel corre-se o risco de não conseguir acompanhar o andamento do Projecto.

Logo, o meu conselho ser á Get SMART when definning you objectives"


Paulo Köch @ 01:21

Qua, 09/04/08

 

Há quem não concorde contigo. Por exemplo, aqui ( http://www.manager-tools.com/2007/12/how-to-set-annual-goals-part-1-of-3/ ), estes dois senhores consideram que a sigla deveria ser mais sMarT, pois o M e T são a grande base do sucesso deste método, e as outras características podem, até, meter-se no caminho.


josedasilva @ 16:26

Qua, 09/04/08

 

Paulo,

Fico contente de não existir consenso, pois gera discussão, e da discussão saem novas ideias, primeiro há que notar dois pontos, primeiro, o audio fala de METAS(GOALS), e como podes ler em cima METAS (GOALS) são algo expresso em linguagem de alto nível, sem um enorme nível de detalhe.

Eu quando falo em SMART, falo em Objectivos, que é algo muito mais concreto e sintético, ou pelo menos deveria ser.

Uma META(GOAL) é um plano anual, um Objectivo, usualmente, é algo mais sintético, com um intervalo de tempo menor, no qual existe a possibilidade de medir o sucesso.

No objectivos não encontro forma de, sem serem SMART, primeiro, serem justos para os dois lados, quem os define e quem o tenta atingir.

Existe uma linha que os separa. Gosto de pensar numa META como um conjunto de OBJECTIVOS. Defendo SMART nos OBJECTIVOS, tentar efectuar o conceito numa META é um pouco Overdoing.

Não sei se consegui fazer passar a mensagem.

Teresa @ 17:40

Seg, 01/02/10

 

Gostei deste post. Directo e objectivo. Continua a escrever.

Blog pessoal de José Silva. Sou programador informático, nos últimos anos dedicado quase exclusivamente ao PHP.
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
14
15
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30


Pesquisar
 
blogs SAPO