josedasilva @ 15:50

Sex, 13/04/07

Todos os dias surgem novas redes e conceitos sociais, no entanto, este pela originalidade, deixou-me de boca aberta. O GetThemLaid.com tem como objectivo sermos bondosos para os nossos amigos que sofrem de falta de sexo.

Como funciona ? Ou como é suposto funcionar, segundo os autores do sistema

1º Registamo-nos no sistema

2º Escolhemos um amigo ou familiar de quem temos tanta pena e queremos ajudar a ir para a cama com alguém, seleccionamos as fotos do alvo e enviamos para o site.

3º O perfil é visitado, e com alguma sorte, o nosso amigo tem alguma acção.

Porque, talvez nunca vá funcionar ?

O que me vem á cabeça primeiramente são questões de privacidade, uma coisa é criamos o nosso eprfile num qualquer conceito de comunidade social, outra coisa é alguém enviar fotos nossas para o sistema, sem que, muitas das vezes tenhamos conhecimento.

Muito provávelmente, o HI5 serve para este propósito, não disponho de perfile no HI5 nem vou ter algum dia, não acho piada á ideia, no entanto já o visitei, e dos perfis randómicos que visitei, 90% tinham fotos com poses sensuais, e muitas vezes mais quentes. E se o HI5 tem, não acerdito que o GetThemLaid.com possa roubar audiência ao hype do momento.

Penso que não vai passar de uma ideia com uma componente engraçada. mas o tempo vai comprovar ou desmentir.



josedasilva @ 11:03

Ter, 05/12/06

A magazine Inc.com deu a conhecer uma entrevista aos criadores de Flickr!, onde desvendam o segredo de como tudo aconteceu.

O mais curioso da entrevista talvez passe pela ideia de o Flickr! inicialmente não estar para ser o Flickr! como o conhecemos, nem tão pouco com o nome que conhecemos, mas sim um jogo social online.

E a razão/motivação de lançamento do Flickr! foi ainda mais espantosa, "o espreitar do fim dos fundos", numa altura em que como eles dizem "já estávamos a escolher que primeira peça de mobiliários iriamos vender".

A entrevista pode ser lida na íntegra no Inc.com.



josedasilva @ 11:20

Qui, 31/08/06

A necessidade faz a descoberta, e eu não fujo à regra, necessitei recentemente de saber a versão de todos os pacotes instalados num dos meus servidores, e descobri o comando que fez as minhas delicias:

rpm -qa --queryformat '%010{SIZE}\t%{NAME}-%{VERSION}-%{RELEASE}\n'

Este comando lista-me todos os pacotes instalados, a dimensão do pacote, o nome , versão e release do mesmo. Isto só pode ser usado em sistemas que suportem rom, no meu caso Red Hat ou CentOs.

Fica aqui a dica!



josedasilva @ 16:41

Qui, 10/08/06

Somos colocados frente a problemas de soluçãon complexa no dia-a-dia, e é quase tão complexo o problema como encontrar uma solução para este.

Para tratar todo o tipo de situações, existe a técnica dos "5 Porquês", ie "5 why's".

Os "5 Porquês" consistem em colocar várias perguntas ao problema apresentado, e a cada uma das respostas destas 5 perguntas, colocar mais perguntas, no final de um conjunto de níveis de aplicação da regra, deverá encontrar a resposta de um modo directo.

Pode parecer complicado, e é também complicado entender este problema sem um exemplo prático, ora vejamos, de um modo engraçado:

Problema:  

Dirijo-me para o emprego e o carro parou no caminho.

Pergunta 1: Porque parou o carro?

Resposta 1: Porque ficou sem combustível.

Pergunta 2: Porque ficou o carro sem combustível ?

Resposta 2: Porque devia ter abastecido hoje de manha e não o fiz.

Pergunta 3: Porque não absteci o carro hoje de manhã?

Resposta 3: Porque não tinha dinheiro  para combustível.

Pergunta 4: Porque não tinhas dinheiro ?

Resposta 4: Porque perdi todo o que tinha a jogar poker.

Pergunta 5: Porque perdeste o dinheiro todo ao jogo?

Resposta 5: Porque quando não tenho um bom jogo, sou péssimo a fazer bluff.

Concluímos que o carro parou porque sou péssimo a jogar ás cartas. 

Este tipo de estratégia, funciona no mundo empresarial e dá-nos uma enorme ajuda na rápida detcção e resolução de problemas.

Mais detalhes sobre este método na wikipédia, em 5 whys.



josedasilva @ 12:02

Sex, 21/07/06

Foi-me enviado um email, curioso, de uma iniciativa de enaltecer, conhecimento gratuíto.

Imagine um lugar onde você pudesse ler gratuitamente todas as obras do
Machado de Assis, obras como a "A Divina Comédia", ou ter acesso a
historinhas infantis.

Um lugar que lhe mostrasse as grandes pinturas de Leonardo da Vinci, ou
onde você pudesse ouvir gratuitamente uma música em MP3 de alta qualidade.

Pois o Ministério da Educação do Brasil disponibiliza tudo isso.

Basta aceder ao site:

www.dominiopublico.gov.br

Por favor, passem este e-mail a todos os vossos amigos, para que esta excelente iniciativa não pare e continue a crescer.




josedasilva @ 18:17

Ter, 11/07/06

Barcamp Vai realizar-se nos próximos dias 2 e 3 de Setembro de 2006, em Portugal o evento Barcamp Portugal . Uma organização de Fred Oliveira / Webreakstuff.

Barcamp é um evento social, não é existe por definição a definição de orador e ouvinte, a ideia do Barcamp é todos os intervenientes do evento participarem e trocarem ideias entre si.

Algumas considerações desenhadas desde já para o Barcamp são:

- BarcampPortugal, 2 e 3 de Setembro de 2006
- Em Coimbra, local específico a anunciar (há mais que uma hipótese até agora)
- Preço: 0. O preço é a participação
- Wiki: http://barcamp.org/BarCampPortugal
- Linguagem: Português primariamente, Inglês quando necessário

Retirado do Google Group existente.

O evento dispõe de um wiki , onde se podem encontrar todas as informações sobre o evento.

O primeiro passo a fazer é envolver-se:

  • Subscrever a mailing list e audar a organizar o evento

  • Planear uma sessão, workshop ou demo (em Português ou Inglês)

  • Divulgue o evento, conte aos seus amigos, escreva no seu blog sobre ele


Para quem nunca participou num BarCamp aqui ficam alguns tópicos que ajudam a compreender o em que consiste um BarCamp.

*Editado em 11 Jul 2006 ás 22h30



josedasilva @ 12:50

Seg, 10/07/06

O maior site de leilões do mundo, o Ebay baniu o sistema Google Checkout dos seus métodos de pagamento, não só não inclui o Google Checkou no seu sistema, como o colocou como um dos sistemas proibidos de usar.

Segundo o responsável do Ebay, qualquer método de pagamento para ser aceite pelo site de leilões, deve antes ter "um histórico substâncial e comprovado de fornecer serviços seguros e confiáveis de serviços bancários e relacionados", segundo este, o Google ainda não o faz.

Um dos responsáveis do Google contrapôs com a experiência do Google no mercado de cobranças bancárias electrónicas na vertende do "Online Video", no entanto o Ebay manteve-se firme na sua decisão.
Um contratempo para o Google que está à espreita agora, nos sistemas de pagamentos online.

Mais obre este assunto em "http://auctionbytes.com/cab/abn/y06/m07/i06/s02"



josedasilva @ 01:45

Qua, 28/06/06

Brain StormingExistem os criativos por necessidade, os criativos por natureza e os criativos distraídos. Situo-me entre o grupo dos primeiros e dos segundos, aprendi no entanto, nos últimos anos que quando se trata de ser necessário ser criativo, ter ideias, enfim, efectuar algum brainstorming. Há que conseguir um grau de organização e de técnicas que ajudem, as que eu sigo frequentemente são:

Adquiro um novo livro, que acho interessante, e faço dele a minha leitura diária nos transportes públicos, não é necessário efectuar uma leitura exaustiva nem cuidada, porque o essencial e entrar no mundo do tema, no meu caso muito usualmente no mundo do Marketing e Publicidade, apesar de não ser o meu meio natural, pois sou Programador PHP, passo muito tempo a ler sobre o tema.
Este processo de leitura, demora usualmente entre 1 a 2 semanas, dependendo do livro.

2º Tenho o cuidado de me fazer sempre acompanhar por um pequeno papel e material de escrita, qualquer guardanapo de papel serve. Aponto todas as ideias que me ocorrem, por muito absurdas que sejam, já tive semanas de ter cerca de 60/70 ideias, claro que 90% são só mesmo ideias, nunca vão poder ser aplicadas.

Organizo as ideias, por grau de importância ou contexto, definindo um ranking de importância para a lista.

Discuto algumas das ideias ao almoço, com colegas de trabalho ou mesmo conhecidos apenas, ouço as reacções e analiso. Com este método consigo reduzir a lista mais um pouco.

5º Efectuo uma filtragem das ideias que restam, tendo em conta o que se deseja atingir com a campanha ou mesmo limitando as ideias ao orçamento disponível.

Efectuamos o processo desde a incubação das ideias ao uso das mesmas no mundo empresarial, com a vantagem que já recebemos feedback de elementos externos à empresa, já para não falar no custo super reduzido do processo.

São algumas das técnicas que tenho usado, podem ser úteis. Estão á vontade de partilhar as vossas também.



josedasilva @ 23:09

Sex, 12/05/06

O Google, Yahoo , Altavista e tantos outros têm vindo nos últimos anos a tentar proteger os seu editores e anunciantes do grande problema de cliques fraudulentos nos anúncios pagos.

Esta "fraude" pode vir em diversas formas, desde visitantes que decidem clicar no link do concorrente de modo a exceder mais rapidamente o orçamento diário e este deixar de ser exibido, já para não falar no prejuizo do concorrente, a motores que fazem esse trabalho por eles mesmos, nos motores podemos ter um único motor, ou um grupo distinto de motores espalhados pelo mundo.

O resultado é "Prejuízo", para o motor de pesquisa e para o anunciante.

Algumas das formas encontradas por estes mecanismos foram, muitas vezes usadas em conjunto:

* Filtrar o número de cliques permitidos por IP / Visitante , permitindo apenas 1 ou um número infimo de clicks.

* Não contabilizar um clique que vem de um visitante se este nao aceitar cookies, tentaram desta forma resolver o problema dos "robots" , que não aceitando cookies eram ignorados, no entanto isto esbarrou na recente politica anti-cookie , por motivos de privacidade de alguns browsers e pessoas, não sendo assim fiável.

* Ter em conta o cabeçalho enviado pelo browser indicando a sua identificaçã, USER AGENT, no entanto os "robots", muitos deles, possuem de mecanismos de multi USER AGENT, iludindo assim a validação.

* Geo-Referência: Ignorar cliques tendo em conta a posição no globo do visitante, como para alguns negócios a localização do indivíduo é importante, tendem-se a bloquear, ignorar, pontos do globo, não é necessário dizer que este tipo de técnica aplica-se em muitos poucos casos.

Existem algumas técnicas com algum grau de eficácia no que concerne ao problema do click fraudulento, no entanto ainda nenhum dos grandes motores conseguiu encontrar a fórmula que lhes poderá render milhões, até lá, vão jogando com os meios que dispõem.



josedasilva @ 00:40

Sab, 06/05/06

Não é por isto:



que uso Firefox, mas bem que podia ser.

Via Kaylee


Blog pessoal de José Silva. Sou programador informático, nos últimos anos dedicado quase exclusivamente ao PHP.
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


Pesquisar
 
blogs SAPO