josedasilva @ 16:13

Seg, 24/07/06

O "virús" do fraude em clicks está a acabar com o investimento online dos anunciantes na publicidade paga ao clique, como é o caso do Adwords do Google e que praticamente todos os outros motores de pesquisa usam.

Foi lançado um relatório do qual contam dados concretos que indicam que 800 milhões de dólares de gastos em publicidade são de cliques fraudulentos.

No relatório conta ainda que os anunciantes garantem que 14,6% dos cliques cobrados, têm como fonte a fraude, através de diversas técnicas de click-spam. Como causa deste problema 27% dos anunciantes diminuiram os gastos neste tipo de publicidade ou param o investimento mesmo.

Podem ser vistos mais detalhes dest relatório na SFGATE.COM.

Em traços gerais os números apontados foram:

  • Cliques que se acreditam ser fraude, pagos pelos anunciantes: 14.6 %

  • Valor pago por anunciantes em cliques fraudulentos: 800 milhões de dólares

  • Anunciantes que afirmam ter sido vitimas: 75 % dos anunciantes

  • Valor perdido pelo Google, Yahoo e outros como resultado da descrença: 500 milhões de dólares

  • Anunciantes que requereram uma devolução por motivo de fraude: 7%


Este não é um problema recente, e foi sempre conhecido, com uma solução de dificil resolução, no entanto fala-se apenas em raude de clique, lembro que anteriormente e ainda existe, o tipo de publicidade era com base no númer de impressões, sendo que a métrica definica era Custo por Mil, neste meio de publicidade existia um problema ainda maior, o spam de impressões.

Fala-se por esse mundo fora, em alternativas, e a solução não se prevê pacífica nem linear, parece-me que a PPA, Publicidade Paga por Acção, como discuti no post Google testa sistema de publicidade Pay-Per-Action.



josedasilva @ 10:49

Seg, 24/07/06

Em algumas áreas é prática comum um individuo ter mais do que um meio de subsistência, tendo para isso que manter mais do que uma actividade ou emprego em simultãneo.

Isto deve-se não só ás dificuldades que o país e todos nós enfrentamos no que diz respeito a emprego, como à procura imensa em determinadas áreas de especialização.

Este tipo de situações, à qual vou chamar de DUO, necessita de uma enorme capacidade de organização e também um grande espirito de sacrifício, no entanto existem pontos que levam estes individuos a efectuar com sucesso ou não as tarefas, enquanto que no emprego primário, chamemos-lhe assim, as tarefas são efectuadas em conformidade, em grande parte devido a "normalmente" este ser durante o dia e em local próprio, o problema são as tarefas pós-laborais, qua muitas vezes chocam com entraves como são o cansaço acumulado durante o dia, o stress das diversas situações, e a necessidade de estar com a familia e amigos.

Existem algumas técnicas / segredos que adoptei para minimizar este choque, fisico, psicológico e afectivo que todos os individuos necessitam:

  • Defino com regularidade férias das actividades extra-profissionais, tirando por vezes entre 1 a duas semanas, em que não penso em actividade alguma a não ser a actividade primária, emprego, e descontracção na altura emq ue regresso a casa.

  • A organização e metodologia ajudam de sobre-maneira a diminuir a perda de tempo e a aumentar a minha disponibilidade para mim e para os que gosto, consigo isto definindo horários rígidos de trabalho, normalmente entre as 21 e as 23, por vezes vejo necessidade de alterar este horário, no entanto nunca passando as 2 horas diárias nos dias úteis.

  • Domingo sagrado, "tento" garantir que ao Domingo é tempo para "mim" e para a familia, é necessário encher a bolha de oxigénio de modo a conseguir aguentar mais uma semana.

  • Evitar sobre-carregamento de projectos, é extremamente importante evitar aceitar mais projectos do que 2 horas por dia conseguem suportar, sim porque depois de muitas contas, é o tempo que sobra para este tipo de trabalho, 2 horas por dia é o número de horas que disponho extra-emprego.


Muitas vezes é complicado conseguir atingir todos os pontos e uma falha num deles pode arruinar-me a semana ou mês, ficando com horários perdidos e horas sem fim à frente do computador, o descanso é um ponto muito importante, e normalmente todos os meses necessito de re-organizar os meus horários.

O grande problema deste tipo de actividade, são as alterações, sempre que um projecto necessita de alterações, pós-entrega, vai ocupar tempo que havia sido destinado a outro novo projecto, danificando assim a folha de atribuição de horas por projecto, este problema ainda não o consegui resolver.


Blog pessoal de José Silva. Sou programador informático, nos últimos anos dedicado quase exclusivamente ao PHP.
Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14
15

16
19
20
22

23
25
29

30
31


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO